Acadêmica de Psicologia é contemplada com bolsa do Santander

Concorrentes teriam que apresentar excelente e comprovado desempenho acadêmico

A acadêmica do curso de Psicologia do Ceulp/Ulbra, Ana Carla Olímpio Soares, foi contemplada com uma bolsa-auxílio do Programa de Bolsas Nacionais do Santander Universidades. Entre as demais unidades da Ulbra em todo o país, outros 11 acadêmicos foram beneficiados (Confira a lista aqui).

A bolsa-auxílio é decorrente de um convênio assinado pela Associação Educacional Luterana do Brasil (Aelbra) com o Banco Santander (Brasil) S/A, para contemplar candidatos que apresentem comprovação de renda familiar mensal que atendam os requisitos do edital. O aluno deveria estar regularmente matriculado no semestre de seleção e restar-lhe exatamente um ano e meio para que conclua a integralização do seu respectivo curso. Também deveria ter 18 anos completos.

De acordo com a Direção de Ensino da Associação Educacional Luterana do Brasil (Aelbra), foram ofertadas na totalidade 12 bolsas-auxílio, no valor de R$ 300,00 mensais, durante o período de 12 meses para alunos de qualquer curso de graduação presencial e a distância (EAD) que apresentem excelente e comprovado desempenho acadêmico. Ao final do processo, 12 alunos acabaram conseguindo o benefício.

Os alunos interessados preencheram o formulário disponível no portal Santander Universidades e apresentaram o documento na sua instituição de ensino. Para seguir na seleção, deveriam possuir conta corrente ativa no Banco Santander (Brasil) S/A, de preferência na modalidade universitária, ou abri-la até o final da inscrição, dia 15 de novembro.

De acordo com informações da Aelbra, as instituições de ensino onde os alunos estão matriculados fizeram a conferência dos dados, seguindo critérios pré-estabelecidos, e encaminharam os documentos para a Direção de Ensino da Aelbra, que elaborou a lista nacional única dos interessados, encaminhando-a à plataforma do Santander. O banco analisou as documentações e confirmou todas as 12 indicações. O valor da bolsa será depositado na conta do aluno após 30 dias úteis da aprovação final pelo Santander ao termo de adesão, de acordo com a Aelbra.

Para a coordenadora do curso de Psicologia, profa. Dra. Irenides Teixeira, o convênio é mais um indicativo da Ulbra no sentido de criar condições para que o máximo de pessoas tenha acesso à educação. “Esta iniciativa compõe uma série de ações da Ulbra que, juntas, reflete o cuidado que a instituição tem com os seus acadêmicos”, pontuou.

Em caso de desistência do candidato selecionado após a oficialização junto ao Banco Santander (Brasil) ou abandono do curso, trancamento de matrícula, ou outro motivo de ruptura de vínculo institucional, a bolsa será imediatamente interrompida e não poderá ser substituído o bolsista desistente. (Com informações da Ulbra/Canoas)

Sonielson Luciano de Sousa
Bacharel em Comunicação Social (CEULP/ULBRA), filósofo (Univ. Católica de Brasília), pós-graduado em Docência Universitária, Comunicação e Novas Tecnologias (Unitins), estudante de Psicologia (CEULP/ULBRA), especialista em Jornalismo Cultural, é editor do jornal e site O GIRASSOL, colaborador do (En)Cena e do Portal Educação, e atua como coach (SBC-SP).