Corpos que marcam a diferença

“Aproveite para mergulhar nas linhas de fuga das normatividades cristalizadas.”

Por Márcio Di Pietro

Márcio Di Pietro trabalha na área de jornalismo desde 1973. É repórter fotográfico e acadêmico do curso de Comunicação Social do CEULP/ ULBRA. Já trabalhou com  jornais e revistas da imprensa nacional e está no Tocantins desde 1989, onde participou do processo de implantação do Estado, divulgando a região, registrando suas belezas naturais e os principais eventos.

 

O repórter fotográfico Márcio Di Pietro apresenta no (En)Cena ensaio pautado no neo-tribalismo e suas implicações nos cenários urbanos do Cerrado de Palmas. A narrativa provoca o ideal estético photoshopiano através de expressões que problematizam a pasteurização cultural a qual estamos imersos.

Os instantâneos do cotidiano revelam – para além do bem e do mal digital – nossas relações com a pele, com o consumo, com o gozo, com o lixo e com as possíveis contravenções que somente o espaço-tempo das famosas Zonas Autônomas Temporárias pode proporcionar.

Aproveite o (En)Cena para mergulhar nas linhas de fuga das normatividades cristalizadas.

César Gustavo Moraes Ramos

Márcio Di Pietro
Trabalha na área de jornalismo desde 1973. É repórter fotográfico e acadêmico do curso de Comunicação Social do CEULP/ULBRA. Já trabalhou com jornais e revistas da imprensa nacional e está no Tocantins desde 1989, onde participou do processo de implantação do Estado, divulgando a região, registrando suas belezas naturais e os principais eventos.