Ato 25, contra a Clínica Santa Isabel: escrevendo a história da Luta Antimanicomial capixaba

O ato 25, manifestação antimanicomial ocorrido em Cachoeiro de Itapemirim – ES no dia 25 de agosto de 2012, pelo fechamento da Clínica de Repouso Santa Isabel e por criação de mais serviços substitutivos em Saúde Mental, vai ficar pra sempre na história da Luta Antimanicomial capixaba, e falar sobre ele é preciso.

Foto: Henrique Rodrigues Pirovani

A clínica tem algumas quatro décadas de existência e de barbaridades. É uma instituição psiquiátrica do tipo manicômio, hospício, como queiram chamar. Uma masmorra pouco comprometida com a dita saúde mental, e muito com o dinheiro, extraído dos maus tratos com a vida de pessoas. O manicômio é um exemplo de como o ser humano pode ser usado por outros seres humanos como fonte de lucro.

Foto: Henrique Rodrigues Pirovani

O Movimento da Luta Antimanicomial capixaba, assim como vários outros movimentos sociais, sempre denunciou esse estabelecimento. No entanto, nem todas as vozes conseguem reverberar em solos cachoeirenses e capixabas. A censura, o coronelismo e os jogos de poder sempre calaram todas as denúncias, e invisibilizaram as lutas que poderiam atrapalhar o esquema rentável da clínica. Afinal, apesar de ser uma clínica particular, em média noventa porcento de seus leitos são conveniados com o SUS. Os poderes oficiais, executivo, legislativo e judiciário, sempre se fizeram de mortos diante das denúncias, e temos casos de militantes perseguidas judicialmente por bradar indignação contra a clínica. Mas no dia 25 de julho de 2012, o Ministério Público “notificou as Secretarias de Estado de Saúde (SESA), da Justiça (SEJUS) e a Superintendência Regional de Saúde de Cachoeiro de Itapemirim (SRSCI), além da Secretaria Municipal de Saúde (SEMUS) a fim de que tomem providências em relação à regularização da clínica Santa Isabel”, veja mais sobre isso aqui:


http://www.mpes.gov.br/conteudo/CentralApoio/conteudo6.asp?codtexto=4731&tipo=2&cod_centro=6

Foto: Henrique Rodrigues Pirovani

Essa notificação, ação inédita do judiciário contra a Clínica, mobilizou diversos setores da luta antimanicomial capixaba, o que gerou o ato 25. Organizado pela Coordenação Nacional de Estudantes de Psicologia (CONEP), através de estudantes de psicologia da Faculdade São Camilo (Cachoeiro) e da UFES (Vitória), pelo Diretório Central dos Estudantes da UFES, pelo Núcleo Estadual da Luta Antimanicomial, e pelo Conselho Regional de Psicologia 16ª Região, o ato começou em frente à clínica, no bairro Amaral, onde músicas antimanicomiais foram cantadas, cartazes com frases de luta foram colados nos muros do manicômio, e os manifestantes tiveram oportunidade de receber apoio de internas através de algumas janelas gradeadas de uma das alas, e ouvir tristes relatos dos maus tratos sofridos lá dentro. Foi impactante para todas e todos nós, presentes, ver de perto o que muita gente nem acredita quando a gente conta. Não se tratava mais de algo que nos disseram que acontece numa clínica qualquer por aí não, eram as próprias internas que gritavam da janela sobre violências sofridas, para que qualquer transeunte ou morador da Rua Professor Gilceu Machado pudesse ouvir.

Depois decidimos amarrar nossas mãos e seguir marchando até o centro da cidade, panfletando para a população sobre nossas reivindicações e propostas, denunciando o cenário ainda vivido naquela clínica, e convidando as pessoas a lutarem conosco essa luta. Ao final do ato, estendemos na praça da prefeitura da cidade uma grande faixa com algumas de nossas propostas para substituir a Santa Isabel, além de vários cartazes confeccionados para o ato.

Foto: Henrique Rodrigues Pirovani

O Centro Acadêmico Livre de Psicologia (CALPSI-UFES) pretende continuar a luta contra a clínica Santa Isabel, e o próximo passo será a Ouvidoria Antimanicomial. A idéia é de um espaço virtual (blog e e-mail) para recolher denúncias, depoimentos, relatos, etc., acerca da Clínica Santa Isabel, por parte de ex-internos, familiares de internos e ex-internos, vizinhos da clínica, ex-funcionários, etc., e a partir daí montar um dossiê denunciando todas as irregularidades da clínica e da política de saúde mental capixaba.

Abaixo, alguns links sobre o Ato 25, para mais informações:

1) Franco Está Aqui (vídeo em quatro partes, com imagens do ato):
http://www.youtube.com/watch?v=HH8-SVBfgdY
http://www.youtube.com/watch?v=1ljgJNcVH8I
http://www.youtube.com/watch?v=EuilcJhR3tU
http://www.youtube.com/watch?v=LlCYfb4wkIU

2) Fotos do Ato:
http://www.facebook.com/media/set/?set=a.336328769790368.120491.100002397442548&type=1

3) Matéria em vídeo do site G1, exibida na emissora local de televisão filiada da TV Globo em Cacheiro:
http://g1.globo.com/videos/espirito-santo/estv-2edicao/t/edicoes/v/grupo-protesta-por-tratamento-prestado-aos-pacientes-em-cachoeiro-no-es/2107449/

Ministério Público do Estado do Espírito Santo
www.mpes.gov.br

José Anezio Fernandes do Vale
Estudante de psicologia da Universidade Federal do Espírito Santo, membro do Centro Acadêmico Livre de Psicologia da Universidade Federal do Espírito Santo e da Coordenação Nacional de Estudantes de Psicologia, faz parte do Coletivo Barricadas - Construindo o Rompendo Amarras, é editor-chefe do blog Artifício Socialista, e vocalista da Banda Antiproibicionista Beck Power.
Autor / Co-Autores: