Responsabilidade Social e Comunidade

Um dia em que a universidade estreita laços com a comunidade: assim é o Dia da Responsabilidade Social, uma iniciativa do CEULP/ULBRA que estimula a participação dos acadêmicos em ações socialmente responsáveis, na medida em que oferece á comunidade uma gama de atividades que envolvem: educação, saúde, cultura e meio ambiente, visando o bem-estar e a qualidade de vida da população.

Esta ação faz parte do Dia da Responsabilidade Social do Ensino Superior Particular, desenvolvida pela Associação Brasileira de Mantenedoras de Ensino Superior (ABMES), com o intuito de mostrar atividades resultantes dos projetos de ensino, pesquisa e extensão desenvolvidos pelo CEULP/ULBRA.

Este ano, a atividade aconteceu na Escola Municipal Maria Rosa de Castro Sales – localizada no Setor Morada do Sol – Palmas/TO, tendo a participação de acadêmicos dos cursos de dos cursos de Ciências Contábeis, Direito, Educação Física, Farmácia, Fisioterapia, Medicina Veterinária, Odontologia, Psicologia, entre outros.

Entre as atividades realizadas estavam na Programação (2014): bazar solidário; educação em questões de zoonoses endêmicas; orientações sobre a importância do uso do protetor solar em adultos e crianças e distribuição de amostras manipuladas pelos acadêmicos; avaliação de pressão arterial e realizar ausculta cardíaca; sala dos direitos da criança; atividades lúdicas; recreação e lutas; exposição sobre o tema higiene bucal; oficinas de materiais de recicláveis; campanha de imunização; realização de testes rápidos para dosagens de glicemia e tipagem sanguínea em lâmina;  prática da higienização e esfoliação, seguida de hidratação e fotoproteção facial, dos pais das crianças participantes do evento; entre outras.

O (En)Cena ouviu alguns acadêmicos que estavam desenvolvendo atividades. Eles falaram sobre a ação e a importância da mesma para a comunidade local e sua formação.

Laureano Silva de Carvalho – Acadêmico do curso de Fisioterapia.

“Eu acho que é um dia muito importante, pois envolve o nosso curso com ações diretamente na comunidade, principalmente na comunidade mais carente. Isso faz com que cada curso, cada pessoa possa observar na comunidade que o seu curso é importante, e ver como ele pode trabalhar isso de uma forma responsável.

Estamos disponibilizando avaliação na parte corporal e também tratamento de forma gratuita, dessa forma podemos inserir nosso curso na comunidade. Tratamento de acordo com a avaliação, cada pessoa vai receber um diagnóstico fisioterapeutico e cada pessoa vai fazer o tratamento conforme o diagnóstico.”

Camila Alves Nascimento – Acadêmica do curso de Biomedicina.

A contribuição para o meu curso é poder ter a oportunidade de lidar com o paciente, oportunidade de humanização, de novas pesquisas, de ser algo diferente, de solidário, ser uma ação solidária. É um conhecimento diferente porque a gente, os biomédicos, não lida com os pacientes, diretamente. Ficamos lá dentro do laboratório, então quem tem o contato com o paciente é o coletor, o recepcionista que fica lá fora, logo é bom ter o contato com paciente,  perguntar o histórico e tudo.

O bom para a comunidade é poder fazer um teste sanguíneo, pois tem gente que não tem condições, fazer um exame para medir a glicemia, aferir a pressão… muita gente aqui, carente, não tem condições para fazer. É bom contribuir.”

Wandressa Salazar – Acadêmica do curso de Estética e Cosmética.

“É importante estarmos aqui. O curso estética e cosmética está oferecendo hoje um protocolo de hidratação facial. Para nós da área é relevante porque estamos tendo o contato com as pessoas antes mesmo de terminar o curso, um contato mais na prática.

Para a comunidade eu vejo que é importante porque eles vão saber o que a gente faz lá, pois tem muita gente que não conhece ainda o nosso trabalho, apesar de ser uma coisa que está aí na mídia.”

Luzia Gonzaga Vieira – Acadêmica do curso de Educação Física.

Olha, é muito importante, porque, para a gente que está iniciando o curso é o nosso contato com a comunidade, porque é a nossa profissão que iremos atuar no futuro, logo, temos contato com a prática e validamos o que estamos aprendendo na teoria. O contato é muito importante, porque além de nos socializar com a comunidade ainda nos proporciona o prazer daquilo que nós vamos fazer futuramente.

A comunidade se beneficia porque as pessoas participam das diversas atividades e ainda se socializam não só com os colegas de turma, mas com a sociedade em geral. Aqui não tem como ficar parado, e é muito prazeroso de estar fazendo parte desse movimento.”

Érica Araújo Gomes – Acadêmica do curso de Psicologia.

“A gente passa para as crianças que é possível reutilizar o material reciclável, como brinquedos bem legais. Ver o rosto das crianças, todo mundo feliz, é muito gratificante, saber que nosso trabalho está atingindo eles de alguma forma, que ficam felizes, que dá para passar essa ideia que o material dá pra ser reutilizado.

Para formação importante, agrega bastante conhecimento, este contato traz troca, tanto a criança que vem e a gente, vai conversando… Então esse momento é muito gratificante e esse dia com certeza vai ficar marcado na memória como um dia muito legal.”

Neide Carvalho da Silve – Acadêmica do curso de Serviço Social.

Hoje é o dia da responsabilidade social e, quando se trata desse assunto, eu acho que remete ao nosso curso, dessa responsabilidade, enquanto profissional, de estar na responsabilização de direito do indivíduo, dessa inserção dele, enquanto indivíduo, na sociedade, na busca de seus direitos. É o dia que trabalhamos essa responsabilidade social levando pra sociedade, principalmente assim, hoje, adolescente, criança, é entender de direito, e isso faz parte do contexto social, enquanto você profissional, você pode, se pautar na ética no profissionalismo e de forma que você contribua para a sociedade fazendo essa ponte de direito de ser humano na sociedade.”

Para saber mais sobre o evento:

http://ulbra-to.br/noticia/2014/09/22/Confira-como-foi-o-Dia-da-Responsabilidade-Social

Hudson Eygo
Psicólogo, Coordenador do Serviço de Psicologia – SEPSI do CEULP/ULBRA, Coordenador da Área de Psicologia do Portal (En)Cena – A Saúde Mental em Movimento, e Colunista do Blog Psicoquê. E-mail: hudsoneygo@gmail.com