A Cabana: você perdoaria?

Após perder a sua filha mais nova, Mack Allen Phillips vive atormentado. Além da provável morte trágica, já que houve sinais de que ela teria sido violentada e assassinada, o corpo da menina nunca foi encontrado. Passaram-se anos e a família nunca mais foi a mesma, até que Mack recebe uma carta misteriosa que fará com que ele receba uma lição de vida e tudo muda na vida dele.

Fonte: http://zip.net/bwtKrH

A história de “A Cabana”

A Cabana é um livro escrito em 2007 pelo autor William P. Young. A história fez tanto sucesso que rapidamente se tornou um Best-seller, chegando a vender mais de 18 milhões de cópias. O livro aborda uma questão bastante comum na vida de todos, a existência do mal.

Mack Phillips é um personagem que vive em uma tristeza profunda após perder sua filha de seis anos, Missy (Melissa). A menina foi sequestrada durante um acampamento que ele fazia com seus três filhos em uma reserva na cidade de Joseph, no final de semana. Embora as buscas tenham sido constantes, o corpo da criança nunca foi encontrado.

Porém, a polícia conseguiu encontrar, em uma cabana abandonada nas montanhas, sinais de que Missy havia sido violentada e assassinada. Passado três anos e meio após o acontecimento, Mack e sua família nunca se recuperaram do ocorrido. Em especial Mack, que ficou imerso em uma dor profunda, entregando-se a uma tristeza sem fim. Foi então que o pai recebe uma carta misteriosa que parece ter sido escrita por Deus.

Na carta ele é convidado a voltar para a cabana, onde o personagem tem um encontro especial com Deus. Lá, ele irá encontrar a resposta para a sua dor, assim como também para a questão que tanto o atormenta, ou seja, ele não aceita o fato de que Deus é tão poderoso e tenha deixado a sua pequena Missy morrer cruelmente.

Fonte: http://zip.net/bmtKPj

Deus, Jesus e o Espírito Santo ajudam Mack a compreender os tristes episódios de sua vida, levando-o a ser uma pessoa mais compreensiva, sem rancor e sem tristeza. Após trabalhar esses aspectos na vida de Mack, libertando-o ao perdão, Deus ajuda o pai da menina a encontrar o seu corpo, cumprindo assim a sua última missão, ou seja, de poder enterrar o corpo da filha.

Antes de “voltar” para a casa, Mack tem direito a escolher ficar com Missy ou voltar para a sua família, que tanto precisa de sua ajuda. Ele percebe que, em especial, a sua filha mais velha Kate Phillips é quem mais precisa dele. Isso porque a garota se culpa pela morte da irmã, já que na história, ela quem causa a situação onde o pai se afasta de Missy.

Então, Mack decide voltar para a casa e ajudar a sua família. No caminho ele sofre um acidente. Após o acidente de carro e acorda em um hospital, onde lhe é revelado que ele nunca chegou a voltar à cabana. E tendo certeza de tudo o que lhe aconteceu, ele contacta as autoridades, revelando o seu “sonho” e mostrando o local onde o corpo da criança está. Isso contribuiu para que os policiais conseguissem encontrar também o corpo de outras meninas, mortas pelo mesmo assassino de Missy.

Passado algum tempo, os policiais seguem as pistas encontradas no local onde foi encontrado o corpo da menina e chegam até o assassino de meninas. O pai então vai ao julgamento do “matador de meninas”, onde explica a todos como encontrou o local onde estava o corpo de sua filha, comovendo a todos ali presente.

A história do livro é passada igualmente no filme, que já rendeu mais de 1 milhão de expectadores só no Brasil.

O processo de enlutamento

Podemos dizer que o enlutamento possui 5 fases: negação, raiva, negociação, depressão e aceitação. O personagem Mack Allen Phillips vive exatamente essas fases, onde a negação vem com o não desejar saber e o não aceitar, se isolando e até mesmo não falando sobre a sua dor.

Já a raiva é nitidamente demonstrada por ele diversas vezes, ao entrar em desarmonia psíquica em relação a dor da perda, se recuperando apenas ao final do filme. A negociação podemos ver quando o personagem tenta voltar ao como era antes de tudo acontecer. Depois, podemos sentir o quanto o personagem fica depressivo em várias cenas, devido a falta que sua filha faz e ao fato de não ter “conseguido” protegê-la, se culpando o tempo todo. E a resiliência é quando Phillips consegue aceitar essa nova condição e dar o perdão, libertando-se da culpa e dor que o consumia.

O filme nos mostra o quanto somos levados a incertezas e lutos, nos passando a certeza de que, embora não possamos nos desviar da dor, podemos encontrar o melhor caminho para prosseguir, mesmo com ela.

Curiosidade:

Você sabia que na cidade Joseph, nos Estados Unidos, existe um parque como o narrado no livro e filme “A Cabana”? Estamos falando do Parque Estadual “Wallowa Lake State Park. Ele oferece atividades variadas, com passeios a cavalo, trilhas, passeios de barco, mini-golfe, canoagem, bonde que vai até o topo da montanha, vida selvagem abundante e, é claro, área para campistas.

Fonte: http://zip.net/bbtKP1

Se você tem interesse em conhecer o lugar, não se esqueça de levar o seu guia mundial para campistas, afinal, para experimentar a vida selvagem, você precisa seguir algumas regras e aproveitar algumas dicas.

FICHA TÉCNICA DO FILME:

Diretor: Stuart Hazeldine
Elenco: Sam Worthington, Tim McGraw, Octavia Spencer, Radha Mitchell;
Ano: 2017
País: Estados Unidos
Classificação: 12 anos