Novas Abordagens em Saúde Mental: relato de experiência

Com início no primeiro dia do mês de junho do ano 2017, na cidade do Rio de Janeiro, o III Fórum Internacional Novas Abordagens em Saúde Mental foi realizado com a participação de profissionais e usuários na área em questão. Tendo seu término no dia 03, rendeu muitos trabalhos, novas ideias e aprendizado para os participantes.

A minha participação se deu juntamente com a equipe do (En)Cena, cuja se envolveu no trabalho de cobrir o evento, realizando entrevistas, notícias e relatos com os profissionais e usuários do serviço em saúde mental. No último dia houveram apresentações de trabalhos, e o (En)Cena foi responsável por quatro dessas, em que alguns membros da equipe apresentaram aleatoriamente no IPUB/UFRJ (Instituto Psiquiátrico da Universidade Federal do Rio de Janeiro).

Os dois primeiros dias consistiram em debates, palestras e mesas redondas que traziam em seu cerne algumas propostas sobre mudanças no modo de se trabalhar em saúde mental, sendo enfatizada a necessidade em se dar voz aos usuários do serviço. O próprio evento foi um espaço para tal. Particularmente, o que mais chamou minha atenção foram as propostas trazidas pelo psicólogo norte americano Oryx Cohen e pela usuária Elizabeth Sabino dos Santos, que são a CPR emocional e os projetos Comunidade da Fala e Voz dos Usuários, respectivamente.

O primeiro é um programa com o objetivo de ensinar pessoas a ajudarem outras pessoas em crises emocionais, a partir dos passos Conectar, Empoderar e Revitalizar. O segundo e terceiro são projetos idealizados no Rio de Janeiro que buscam dar autonomia para os usuários em saúde mental, empoderando-os e permitindo que suas ideias e necessidades sejam ouvidas.

Somando-se tudo, foi uma grande experiência participar desse evento, pois aprendi muito, consegui enxergar um pouco mais sobre o que se trata a saúde mental, o contato com os profissionais da área e com os usuários (principalmente no IPUB) foi enriquecedor e participar cobrindo esse evento com a equipe do (En)Cena foi duplamente bom.

Psicóloga em formação no Centro Universitário Luterano de Palmas - CEULP/ULBRA e estagiária no Portal (En)Cena
Autor / Co-Autores: