Processo tecnológico e a Psicologia Social do século XXI

Nem sempre ciência e tecnologia andaram juntas. Somente a partir do século XIX que o avanço tecnológico passou a fazer uso de conhecimentos científicos. Desde então, ambas se complementam, contribuindo uma com a outra e causando grandes impactos no ambiente global (PIRRÓ apud LONGO, 2007).

Pode-se afirmar que o ser humano sempre utilizou a tecnologia a seu favor, sendo as ferramentas utilizadas por seus ancestrais as mais primitivas, voltadas principalmente para a alimentação. A utilização de técnicas e tecnologias sempre influenciou o homem em todas as suas esferas, inclusive, intensificando seus conhecimentos e as trocas sociais. Saindo da sociedade primitiva e adentrando na sociedade atual, percebe-se uma grande massificação no uso da internet e outras tecnologias que afetam principalmente a comunicação. Isso porque não há comunicação mais natural do que aquela que ocorre “cara a cara” (VIDAL, 2009).

Fonte: http://zip.net/bktD1p
Fonte: http://zip.net/bktD1p

A comunicação mediada por tecnologias requer um esforço cognitivo maior do que aquela feita pessoalmente. Entretanto, as experiências vivenciadas no meio social ajudam na compreensão do uso destes aparatos, uma vez que é o contexto vigente e logo se faz necessário aprender a conviver nele. Ou seja, o ser humano é preparado biologicamente para se adaptar as transformações de seu meio, inclusive as transformações do processo tecnológico, e desta forma, um influencia o outro (KNOCK apud LONGO, 2001).

No estudo de Psicologia Social, sabe-se que o objeto principal de estudo são as interações entre os indivíduos de uma sociedade. O século atual demanda também que se estudem estas interações no meio tecnológico. Segundo Strauss (apud LONGO, 2007), real e virtual são apenas dois nomes diferentes, mas ambas retratam uma realidade. A grande preocupação atual sobre as relações está em reconhecer como elas estão se dando, de forma a aproximar quem está longe e afastar os próximos.

Fonte: http://zip.net/bltDspCopiar
Fonte: http://zip.net/bltDspCopiar

Neste caso, o que deve ser observado é o real/virtual/presencial, sabendo que esses se interconectam e é a forma que as sociedades do século XXI usam para se comunicarem, produzirem conhecimento e deixarem seu legado. Portanto, a tomada de consciência é importante nesse processo.É preciso entender que esta é a realidade de agora e que não precisa ser vista como um mal, mas sim, como algo que possa ser desenvolvido da melhor maneira possível, sendo usada a favor da sociedade e dos seus indivíduos (VIDAL, 2009).

REFERÊNCIAS:

LONGO, W. P. E. Alguns impactos sociais do desenvolvimento científico e tecnológico. DataGramaZero, v. 8, n. 1, p. 0-0, 2007. Disponível em: <http://www.brapci.ufpr.br/brapci/v/a/4297>. Acesso em: 29 Jan. 2017.

VIDAL, M.  A influência das inovações tecnológicas sobre o comportamento humano. Psicologia&Atualidades, 2013.Disponível em: <http://monicavidalpsi.blogspot.com.br/2013/08/a-influencia-das-inovacoes-tecnologicas.html>. Acesso em: 29 Jan 2017.

Comentários
Psicóloga em formação no Centro Universitário Luterano de Palmas - CEULP/ULBRA e estagiária no Portal (En)Cena
Autor / Co-Autores: